Publicado em 6 Julho 2021

Como saber se "O Cliente Sempre Tem Razão" sem compreende-lo totalmente ?

Comércio Eletrônico
Escrito por Jerônimo do Valle
Se a turbulência dos últimos meses ensinou algo é que nunca houve momento mais importante para ouvir a sua clientela. Clichés à parte, não causa espanto constatar que as organizações que mais sofreram foram aquelas que não conseguiram adaptar-se rapidamente às expectativas dos usuários.
Os consumidores sempre tiveram a opção de interagir com as empresas pessoalmente, todavia, de um momento para o outro, viram-se restritos e forçados a aceitar apenas os meios digitais como forma de contato. Isso causou a frustração de muitos, ao perceberem que as companhias não foram capazes de manter o “toque pessoal” no atendimento e se o nível de qualidade da experiência do cliente fica abaixo das expectativas, ele troca de empresa, marca e produto.

As tecnologias de tomada de decisão em tempo real são as grandes aliadas, quando o assunto é adaptar-se rapidamente aos consumidores e suas demandas, assim, as companhias que priorizaram este aspecto têm sido as verdadeiras sobreviventes desse cenário.

Tudo está relacionado com ‘entender o cliente’ e, antes que você possa realmente oferecer ao seu público uma experiência eficaz e marcante, faz-se mister perceber exatamente como eles estão a sentir-se e o que esperam da sua empresa.