Publicado em 9 Novembro 2021

O verdadeiro Impacto da Tecnologia na Realidade Laboral.

Tecnologia
Escrito por Jerônimo do Valle
Sabemos que a tecnologia digital teve um impacto avassalador em todas as áreas de nossas vidas, nos últimos anos. Hoje, podemos administrar quase tudo por meio de nossos smartphones, desde marcar consultas até pagar contas. As inovações tecnológicas também chegaram ao local de trabalho, revolucionando completamente a forma como desempenhamos nossas funções profissionais.
Neste contexto, é normal que muitos temam que o constante avanço da tecnologia laboral os torne obsoletos e, embora seja inevitável dizer que a transformação digital e a IA venham a substituir alguns postos, a boa notícia é que ela criará mais vagas do que erradica. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, a tecnologia deslocará 85 milhões de empregos globalmente, todavia criará 97 milhões de novas funções até 2025. Além disso, aumentará as posições qualificadas e permitirá que os funcionários sejam mais eficientes e produtivos.

O fato da tecnologia digital criar mais empregos do que erradica significa que a maior preocupação não é a perda líquida de empregos, mas, sim, uma lacuna de habilidades digitais.

Outro tipo de características, incluindo pensamento crítico, resolução de problemas, tolerância ao estresse e autogerenciamento, estarão em alta demanda. Esta é uma boa notícia porque tais habilidades são inerentemente humanas. Então, embora algumas funções não sejam mais necessárias, as verdadeiras necessidades do futuro não podem ser replicadas por robôs.

Receios à parte, o fato é que os humanos como um grupo não foram substituídos por computadores quando estes foram trazidos para as empresas e escritórios, assim como a inteligência artificial não nos substituirá inteiramente. O mais provável é permitir que façamos mais numa mesma jornada e essa é uma boa notícia para os executivos porque a eficiência é a chave para o crescimento e o aumento nos lucros, além de conceder aos funcionários um melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional; o típico cenário WIN/WIN.