Publicado em 10 Janeiro 2022

Por que o CRM e vital para o pequeno/médio empresario.

Transformação Digital
Escrito por Jerônimo do Valle
Como sabemos, manter o contato próximo e assegurar a qualidade da experiência do cliente é sempre um caminho lucrativo para qualquer empresa, não importa o setor. Usar corretamente o CRM é crucial para os negócios, chegando, mesmo, a constituir a diferença entre aqueles que estão a prosperar e aqueles que apenas estão a lutar pela sobrevivência.
As recentes – e trágicas - restrições mergulharam dramaticamente a economia mundial numa crise sem precedentes, o que forçou muitas companhias a alterar a própria infraestrutura, sob o risco de encerrar as portas, permanentemente. Na verdade, uma a cada cinco empresas projeta esperar ainda mais um ano, antes de começar a obter alguma recuperação real. Neste cenário, os pequenos e médios comerciantes foram afetados de forma desproporcional, pois, sem a possibilidade de interação direta, precisaram adaptar-se para permanecer na memória dos clientes e, dentre estes, verifica-se que aqueles que investiram em soluções avançadas para melhorar a fidelidade, o envolvimento e a retenção do cliente estão a sair-se muito melhor.

A verdade é que bem antes de tais eventos – e dos desafios operacionais inerentes -, já eram exigidos níveis de interações mais perfeitas e personalizadas. Havia opções ilimitadas de CRM para empresas de tamanho corporativo, mas nada que atendesse às necessidades e orçamentos das menores. Agora, à medida que o mundo muda para mais conexões virtuais, é a hora certa para os empresários de pequeno/médio porte investirem nessas soluções que, além de impulsionarem a receita, concedem uma vantagem competitiva de imensurável valor.

As razões são óbvias – e abundantes -, entretanto, um dos principais atrativos das ferramentas de CRM é a incrível capacidade de simplificar o gerenciamento de dados dos clientes, ao centralizar todos num só lugar. As principais plataformas do mercado optimizam todas as interações em um painel único, tornando-as acessíveis aos demais departamentos e fornecendo uma visão de 360 ​​graus dos compradores. Isto reduz o tempo perdido na busca por informações, permitindo que as equipes de serviço acessem rapidamente os dados necessários para dar suporte e, ao mesmo tempo, gera valor, engajamento e vendas. Com processos simplificados para pequenas tarefas de atendimento, o CRM pode aumentar drasticamente a produtividade, enquanto gera mais leads de alta qualidade.

Em resumo, longe de ser apenas mais um adendo, o CRM é, nos dias que correm, uma peça fundamental para qualquer empresa que pretenda obter a lucratividade máxima e uma implantação bem-sucedida pode economizar horas valiosas dos funcionários, por sua vez economizando dinheiro ao permitir que sejam direcionados esforços para tarefas mais produtivas. À medida que as vendas e a produtividade aumentam, as empresas podem ter taxas de retenção de clientes mais altas e, ao mesmo tempo, reduzir as taxas de atrito e deserção para, enfim, voltarem a prosperar.